Facebooktwittergoogle_pluslinkedinyoutubeinstagramfoursquare

Massagem terapêutica melhora a reabilitação pós-operatória.

 

massagem na reabilitação pós-operatória

Reabilitação pós-operatória com massagem

A realização de uma intervenção cirúrgica implica em alterações profundas no normal funcionamento do corpo humano. Um aspecto importante de qualquer procedimento cirúrgico é o processo de recuperação pós-reabilitação.

É durante este processo que o movimento natural é reaprendido e a liberdade de movimento é reforçada, que a massagem desempenha um papel importante como um complemento aos procedimentos de reabilitação padrão pós-operatória.

A IMPORTÂNCIA DA REABILITAÇÃO PÓS-OPERATÓRIA

A reabilitação pós-operatória é fundamental para garantir o restabelecimento normal do corpo e para acelerar o processo de cicatrização, o que permite que a intervenção cirúrgica tenha todos os efeitos pretendidos.

Spine cirurgião Johnny C. Benjamin explica como a massagem pode ajudar a promover a cura na reabilitação pós-operatória:

“A massagem é excelente para ajudar a trazer sangue e nutrientes para a área afetada para reparar o tecido mole. A massagem também pode ajudar a quebrar o tecido da cicatriz e manter os músculos flexíveis de modo que menos tecido cicatricial se desenvolve em primeiro lugar. ”

Aumentando a circulação, enquanto relaxam os músculos, a massagem pode ajudar o corpo a bombear mais oxigênio e nutrientes para os tecidos e órgãos vitais. Isso permite que a área de reabilitação cirúrgica torne-se mais flexível e cura a um ritmo acelerado. Mesmo quando não há nenhuma lesão, a massagem pode ajudar os atletas de todos os níveis a melhorarem sua flexibilidade e elasticidade muscular. Massagistas profissionais também podem esticar os músculos em áreas de conflito, promovendo uma maior flexibilidade quando o corpo está quente e mais elástico.

Massagem diminui a retenção de líquido

Massagem  ajuda a diminuir a retenção de líquido

CONSEQUÊNCIAS COMUNS DE UMA INTERVENÇÃO CIRÚRGICA

Qualquer intervenção cirúrgica, independentemente da sua índole ou da área intervencionada, acarreta consequências para o paciente. As quatro consequências mais comuns de uma cirurgia são:

  • Retenção de líquidos (edema);
  • Cicatrizes;
  • Dor;
  • Processos inflamatórios.

A retenção de líquidos é uma das principais consequências decorrentes de uma intervenção cirúrgica. Também conhecida como edema, a retenção de líquidos é provocada pelo excesso de líquidos acumulados na camada intersticial do corpo. Ainda que possa afetar todas as zonas do corpo, é comum manifestar-se, principalmente, em:

  • Mãos;
  • Pés;
  • Braços;
  • Tornozelos;

Benefícios da melhoria da reabilitação cirúrgica pós-operatória:

  • Auxilia o organismo em bombear mais oxigênio e nutrientes para os tecidos e órgãos vitais;
  • Acelera o processo de recuperação cirúrgica;
  • Auxilia em melhorar o movimento articular e flexibilidade.

As massagens, desde que realizadas por profissional habilitado, também tem um papel fundamental na reabilitação pós-operatória.

Observação: Consulte o seu médico antes de iniciar tratamentos com massagens pós-operatória. 

Sabia mais sobre massagem terapêutica e seus benefícios.

Fonte http://www.poderdasmaos.com.br/massagem-terapeutica-melhora-a-reabilitacao-cirurgica-pos-operatoria/

Gostou? Compartilhe!
Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *