Facebooktwittergoogle_pluslinkedinyoutubeinstagramfoursquare

A massagem corporal causa muitos efeitos benéficos sobre o corpo de quem a recebe. Entenda como a massagem corporal pode atuar nas diferentes partes do corpo e qual a ação fisiológica desse procedimento.

Pele se divide em:

 

massagem corporal

Massagem corporal

 

A ação da massagem corporal pode ser notada diretamente sobre as camadas da pele. Ela faz com que a função das glândulas sebáceas e sudoríparas sejam mais eficazes. A permeabilidade dos poros é melhorada. A microcirculação se torna mais ativa, aperfeiçoando a oxigenação dos tecidos mais superiores.

A hidratação da pele também é aumentada devido aos efeitos da massagem. O estímulo melhora a elasticidade da pele e dos tecidos subjacentes.

Estudos mostram que a temperatura da pele aumenta durante a massagem, o que gera efeitos mecânicos positivos e diretos com efeitos nos vasos.

As terminações nervosas sensitivas se tornam menos sensíveis. Isso favorece o alívio das dores.

 

Efeitos na circulação sanguínea:

Massagem corporal

 

A pressão da massagem em direção à circulação venosa é comparável com o ato de comprimir um tubo elástico, esvaziando seu conteúdo líquido.

A massagem possui dois tipos de efeitos:
a) efeito mecânico: no sentido centrípeto, faz com que o retorno venoso e linfático melhore.

b) efeito reflexo: proporciona a contração das fibras musculares lisas das paredes dos vasos.

A pressão causa uma dilatação imediata dos vasos. A duração deste efeito depende da pressão. A circulação da pele melhora com a massagem, pois a nutrição dos tecidos é aumentada e os produtos resultantes de fadiga e inflamação são eliminados.

Certos estudos dizem que a quantidade de sangue que chega ao coração, assim como a frequência cardíaca e o sangue arterial que chega até a periferia aumentam. A melhora no retorno venoso e linfática causa a diminuição dos edemas e das dores nos membros inferiores.

Normalmente, quando a musculatura é alongada ou comprimida, um “esmagamento” nos vasos sanguíneos é causado, fazendo com que a circulação que retorna fique deficiente, provocando varizes.

O auxílio que a massagem dá para que o retorno venoso melhore deve ser lento e superficial ao longo do trajeto dos vasos. Em seguida, observa-se a redução do edema, o alívio das dores e do cansaço.

As arteríolas reagem à massagem com uma ação vasomotora, através de um reflexo na musculatura estriada delas. Isso tonifica as fibras musculares lisas do vaso. A massagem também auxilia o sangue a fluir melhor e ajuda na viscosidade dele.

 

Circulação linfática:

Como o sistema linfático não possui um órgão bombeador (como o coração no sistema circulatório), o movimento da linfa depende de forças externas.

Essas forças externas incluem: a força da gravidade, contração muscular, movimentos ativo e passivos e massagem. Caso exista qualquer obstrução dos vasos linfáticos profundos, os vasos superficiais irão se manter abertos.

 

massagem corporal

Massagem corporal

 

A massagem corporal fará com que a linfa se mova através dos canais e esta é uma oportunidade para drenar a linfa acumulada. A linfa move-se em qualquer direção quando está nos capilares linfáticos da pele e no tecido subcutâneo.

Os efeitos da massagem são positivos ao sistema linfático. O paciente precisa estar relaxado, pois, se a musculatura estiver contraída, a luz dos vasos linfáticos diminui e, então, a massagem não funciona integralmente.

Tecido muscular:

Algumas literaturas declaram que o efeito da massagem sobre a musculatura a deixa mais firme e elástica. Os músculos se fortalecem e crescem por causa da manipulação.

Porém, isso não é verdade, porque a musculatura é desenvolvida apenas pela contração muscular, isentando qualquer forma de massagem nessa influência. Por isso, outras literaturas mais atuais informam que não se pode aumentar a força muscular com a massagem, e sim aumentar a sua circulação linfática e sanguínea. Dessa forma o sistema muscular receberá mais oxigênio como resposta à massagem, e a nutrição da musculatura poderá ser observada.

 

 

Tecido adiposo:

Logo abaixo da pele, dos vasos sanguíneos e vasos linfáticos encontra-se o tecido adiposo. Ele possui fibras elásticas e células conjuntivas. Este tecido pode sofrer uma insuficiência circulatória e a massagem pode ajudar a corrigir esse problema.

A massagem do tecido adiposo promove a movimentação dos líquidos corporais, aumentando o trabalho intestinal e a diurese.

 

massagem corporal

Massagem corporal

 

Na massagem gestacional, não será possível notar grandes efeitos no sistema adiposo, já que a ação hormonal favorece o aparecimento de gorduras como reservatório energético.

Metabolismo:
Como a massagem mobiliza os líquidos corporais e ajuda no trabalho do sistema linfático, podemos notar um aumento na excreção de urina, eliminando as toxinas resultantes dos processos metabólicos.
Estudos indicam um aumento na excreção do nitrogênio, do fósforo inorgânico e do cloreto de sódio.

Além dos benefícios fisiológicos sobre o corpo, a massagem corporal feita regularmente previne do envelhecimento precoce da pele.

Referências:  Técnicas integrativas e complementares em saúde.

Livro: Reflexologia Energética – Massagem para os pés  – Alberto Feliciano

http://www.massageenvy.com/

http://www.sciencedirect.com/

 

Gostou? Compartilhe!
Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *