Facebooktwittergoogle_pluslinkedinyoutubeinstagramfoursquare

Ansiedade e estresse podem agravar as suas dores musculares e torná-las em dores crônicas

Você já ouviu falar que estresse e ansiedade faz agravar a dor? Saiba que isto realmente pode acontecer. Quando estamos estressados podemos ter sensações muito além do real. Ninguém gosta de sofrer episódios de estresse ou ansiedade e quando isso se torna uma ocorrência crônica, os impactos podem variar de uma irritação pouco importante até um perigo para a saúde.

A dor pode sofrer grande influência deste nosso estado estafante. Nervosismo, ansiedade, tensão, excesso de trabalho e pressão do mundo atual, são apenas alguns dos fatores que podem deixar nosso corpo moído. Principalmente, as dores musculares geradas pela tensão podem se agravar devido a estas sensações negativas.

 

Ansiedade e estresse a causa da dor muscular

Ansiedade e estresse podem agravar dores crônicas

Como a ansiedade e a dor do músculo relacionam-se

Ansiedade tem um efeito em toda parte em seu corpo. Não é apenas mental – pode causar sintomas físicos muito significativos e reações que podem mudar drasticamente o conforto em que você vive sua vida.

Em uma situação desgastante e tensa, normalmente, enrijecemos os músculos. Esta tensão muscular desencadeia dificuldades de circulação sanguínea. Quando o fluxo sanguíneo está com dificuldades, pouco oxigênio e poucos nutrientes conseguem chegar às células. Além disso, nesta situação, a eliminação de toxinas fica reduzida. Estes resíduos acumulados nos tecidos causam fadiga e dor.

O estresse também aumenta a secreção de hormônios como o ACTH–hormônio adrenocorticotrófico e o cortisol. Eles   também, podem elevar nossa percepção dolorosa, quando estamos sob forte tensão nervosa.

Estresse e ansiedade podem agrava a dor

Além das dores musculares, ele causa dores de cabeça, dores abdominais, queda de cabelo, alterações no sistema gastrointestinal, alterações hormonais, entre outros males.

É também fator agravante em casos de insônia, distúrbios alimentares, depressão, problemas cardiovasculares, etc. Por isto devemos evitar, de todas as formas possíveis, este mal. Um dos problemas que se agrava devido a extenuação nervosa e que afeta muita gente é a obesidade. A elevação do cortisol altera os níveis de açúcar no sangue e provoca acúmulo de gordura, especialmente no abdome.

 

Exercícios para controlar a ansiedade e estresse

Exercícios de respiração para ansiedade e estresse

Dicas para combater ansiedade

Exercite a respiração profunda

A respiração profunda é uma das formas mais eficazes de aliviar a ansiedade de forma rápida. Você pode realizar essa técnica em qualquer lugar, e é possível sentir os efeitos em apenas alguns minutos.

-Para praticar a respiração profunda, encontre um local tranquilo e sente ou deite em uma posição confortável.

-Coloque as mãos sobre o estômago, bem abaixo da caixa torácica.

-Inspire de forma lenta e demorada enquanto conta até cinco. Concentre-se em posicionar o ar dentro do abdome, e não só no peito.

-Depois, segure a respiração por alguns segundos e solte o ar lentamente.

-Continue inspirando e expirando devagar por cerca de cinco a dez minutos.

Pratique alguma atividade física

Qualquer tipo de exercícios pode ajudá-lo a se acalmar. Exercitar-se é considerado uma forma eficaz no combate da ansiedade, portanto, essa é uma ótima opção para quando estiver sentindo-se ansioso. Você pode escolher a atividade que preferir, mas tente praticar pelo menos 30 minutos de exercícios por dia.

 

Massagem terapêutica

Massagem Terapêutica como tratamento complementar

Massagem Terapêutica ajuda combater à depressão, estresse e ansiedade

Massagem Terapêutica no tratamento complementar:

  • A massagem terapêutica reduz os níveis de cortisol. O cortisol é hormônio do estresse, quando seus níveis abaixam na corrente sanguínea promove a redução da frequência cardíaca, da ansiedade e da hipertensão arterial.
  • A massagem terapêutica promove o aumento da produção de neurotransmissores como a serotonina e a endorfina, conhecidos como hormônios do prazer e bem-estar são grandes aliados no combate à depressão, estresse e ansiedade. Ocorre um aumento da energia geral que infunde no sentido de confiança da pessoa, promove de certo modo uma redução da ansiedade e da depressão. Os efeitos combinados do toque terapêutico e da atmosfera calma de um consultório de massoterapia proporcionam mudanças nos sinais cerebrais para um estado mais calmo e relaxado.
  • A Massagem proporciona sentimentos de cuidado, de acolhimento, de proteção. Tais sentimentos são bem-vindos e muito importantes tanto no combate da depressão quanto da ansiedade e o melhor de tudo, não promovem sobrecargas químicas no fígado dos clientes.

Infelizmente o número de pessoas depressivas e ansiosas vem aumentando de forma alarmante. Viver com esses sentimentos negativos exacerbados é tão prejudicial para a mente quanto para o corpo físico, é comum o surgimento de dores e desconfortos. Alguns órgãos são diretamente acometidos, de acordo com a Medicina Tradicional Chinesa esses órgãos são: Pulmão, Intestino Grosso, Estômago, Baço e Pâncreas.

Apresentando problemas nos órgãos acima citados, problemas como:

  • Asma
  • Bronquites
  • Pneumonia
  • Intestino Preso
  • Dificuldade na eliminação de toxinas
  • Gastrite
  • Hérnia de hiato
  • Baixa imunidade
  • Diabetes

O tratamento com Massagens Terapêuticas promove uma série de benefícios não só para estresse, depressão e ansiedade, mas também para diversos outros males de saúde.

Porém uma sessão não resolve a vida de ninguém, vale ressaltar que como todos os tratamentos naturais, este também é um tratamento a médio a longo prazo.

NOTA: A Massagem Terapêutica é um tratamento complementar, não substitui o tratamento médico convencional.  

Gostou? Compartilhe!
Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *